obesidade-abdominal
vida_icon

Homens obesos estão mais propensos a serem inférteis

De acordo com novo estudo, homens obesos também têm DNA má qualidade em seu esperma e são mais propensos se serem mal sucedidos em tratamentos de reprodução assistida.

A Universidade do Instituto Joanna Briggs de Adelaide analisou ​​30 trabalhos de pesquisa sobre obesidade e fertilidade masculina, envolvendo 115.000 homens.

A revisão publicado na revista Reproductive BioMedicine online, indica que a  obesidade tem sérias implicações para a fertilidade dos homens, assim como tem para as mulheres.
“Nosso estudo descobriu que, comparados aos homens de um peso saudável, homens obesos eram dois terços mais suscetíveis a serem inférteis e com quase três vezes mais probabilidade de ter uma gravidez não viável após passar pelo processo de reprodução assistida”, disse o principal autor  do estudo, Dr. Jared Campbell.

Há muito menos investigação sobre o impacto do sobrepeso masculino do que sobre o impacto da obesidade materna sobre a fertilidade e a saúde da prole, disse ele.
Da Universidade de Adelaide Dr Michelle Lane, disse que a revisão mostrou homens e mulheres deve ter um peso saudável antes de tentar conceber uma criança.

“Os homens muitas vezes se colocam indiferentes à sua responsabilidade quando se trata de infertilidade, e responsabilidade recais quase sempre sobre a mulher, mas esta revisão demonstra claramente a importância da saúde dos homens na reprodução e gravidez”, disse ela.

Compartilhe este artigo

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso conteúdo.